17 Neste último domingo dia 12 – o Bobby Fischer Xadrez Clube de Sant’Ana do Livramento reuniu em sua sala vip cônsul argentino Alfredo Sanches a seleta e privilegiada elite do xadrez na fronteira para a disputa da XXI Copa Santanense de Xadrez ativo – onde os adversários tem 30 minutos para realizarem seus lances, e mais uma vez teve que reverenciar jogadores de outro país.

No entanto – apesar das acirradas disputas ninguém conseguiu sequer chegar aos pés do grande ídolo do xadrez riverense Roberto Castillo que, segundo disseram muitos em alto e bom tom, – “o castiano estava com um computador escondido no celular!” tamanha era a maestria com que jogava. Na abertura ele jogava como um livro; no meio-jogo, como um mágico; no final, como uma máquina. Castillo, para não deixar nenhuma dúvida venceu todas as suas partidas; não por xeque-mate porque muitos abandonavam antes do nefrálgico tempo. Só teve um senão no evento. Ele não valia pontos para o ranking – o que deixou seus adversários felizes e o grande campeão contrariado.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 13 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 28 29 30 32 33 34 32 33 34 35 36 37 40 41 42 43 44 45

 52 53 54 55 56 57 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *